segunda-feira, 31 de dezembro de 2007

Sobre a Maçonaria

Link muito interessante sobre maçonaria, principalmente paa que, procura alguma informação básica (Constituições de Anderson, significado e origem de termos, etc)... Para ler Clicar aqui

Podem sempre ser solicitadas informações para o mail deste Blog, nomeadamente sobre a possibilidade de ingresso na Augusta Ordem...

Não Há Nada Mais Tradicional Que a Revolução, Nem Nada Mais Revolucionário Que a Tradição

Esta magnífica frase, que cito de memória (esperando que esta última me não atraiçoe), é de um ilustre nome da cultura portuguesa: Padre Manuel Antunes... Num tempo de mudança conturbada em que o devir causa a ilusão de perpétuo caos sem que o homem comum vislumbre um sentido na mudança, a Maçonaria (como estrutura Filantrópica, aberta aos homens de excelência) abre um a porta de realização pessoal para além do imediatismo ofuscante da sociedade contemporânea...

Oferecendo um caminho para a espiritualidade, para o desenvolvimento pessoal, e universal, a ordem maçónica torna~se naturalmente atractiva em particular para os Homens de coragem capazes de lutar pela autonomia da sua vontade... Alvo de preconceitos, de maledicência não fundamentada, torna-se, no entanto, num espaço de família para aqueles que com convicção a abraçam...

Na verdade, como diz o povo, "os amigos são a família que podemos escolher"...

Na maçonaria encontramos irmãos com quem partilhamos alegrias e memórias de momentos que desejamos virem a ser melhores... Assim, neste final de ano, a toda esta Universal Família, e aos que nela ambicionam entrar, a todos os homens livres e de bons costumes, a toda a Humanidade, que sejamos capazes de construir:

Um bom ano de 2008

quinta-feira, 13 de dezembro de 2007

Origem do Rito Escocês Antigo e Aceito

Ao contrário do que vulgarmente se acredita, o RITO ESCOCÊS nada tem a ver com o Estado da ESCÓCIA, pois na época do aparecimento deste rito, as Lojas de lá trabalhavam no Rito de YORK, como em toda a Grã-Bretanha. Afirmam certos historiadores tradicionais, mas sem jamais terem podido comprová-lo ou documentá-lo, que a criação de graus "inefáveis" deste rito se teria procedido logo depois da terminação da primeira Cruzada (1099 D.C.), na Escócia, na França e na Prússia, simultaneamente.

Mas tudo isto é pura fantasia, bastando dizer que a Prússia então, como Estado, ainda nem existia. Houve, isso sim, a criação de inúmeros "títulos" honoríficos de "Ordens de Cavalaria", mas estas nada tinham a ver com a Maçonaria. É muita vontade de criar uma falsa antiguidade, hoje em dia muito usual na Arte Real, e muito similar, à ideia de ANDERSON, ao publicar, depois de sua famosa CONSTITUIÇÃO DE 1723, uma nebulosa "HISTÓRIA PATRIARCAL DA MAÇONARIA" (começando em 3785 A. C. E terminando na Inglaterra em 1714 DC). (Clique aqui para ler o resto)

Bases da Maçonaria

LANDMARKS


1. A Maçonaria é uma fraternidade iniciática que tem por fundamento tradicional a fé em Deus, Grande Arquitecto do Universo.

2. A Maçonaria refere-se aos "Antigos Deveres" e aos "Landmarks" da Fraternidade, especialmente quanto ao absoluto respeito das tradições específicas da Ordem, essenciais à regularidade da Jurisdição.

3. A Maçonaria é uma ordem, à qual não podem pertencer senão homens livres e de bons costumes, que se comprometem a pôr em prática um ideal de paz.

4. A Maçonaria visa ainda, pelo aperfeiçoamento moral dos seus membros, o da humanidade inteira.

5. A Maçonaria impõe a todos os seus membros a prática exacta e escrupulosa dos ritos e do simbolismo, meios de acesso ao conhecimento pelas vias espirituais e iniciáticas que lhe são próprias.

6. A Maçonaria impõe a todos os seus membros o respeito das opiniões e crenças de cada um. Ela proíbe-lhes no seu seio toda a discussão ou controvérsia, política ou religiosa. Ela é ainda um centro permanente de união fraterna, onde reinam a tolerante e frutuosa harmonia entre os Homens, que sem ela seriam estranhos uns aos outros.

7. Os Maçons tomam as suas obrigações sobre um volume da Lei Sagrada, a fim de dar ao juramento prestado por eles o caráter solene e sagrado indispensável à sua perenidade.

8. Os Maçons juntam-se, fora do mundo profano, nas Lojas onde estão sempre expostas as três grandes luzes da Ordem: um volume da Lei Sagrada, um esquadro, e um compasso, para aí trabalhar segundo o rito, com zelo e assiduidade e conforme os princípios e regras prescritas pela Constituição e os Regulamentos Gerais de Obediência.

9. Os Maçons só devem admitir nas suas lojas Homens maiores de idade, de perfeita reputação, gente de honra, leais e discretos, dignos em todos os níveis de serem bons irmãos e aptos a reconhecer os limites do domínio do Homem e o infinito poder do Eterno.

10. Os Maçons cultivam nas suas Lojas o amor da Pátria, a submissão às leis e o respeito pelas autoridades constituídas. Consideram o trabalho como o dever primordial do ser humano e honram-no sob todas as formas.

11. Os Maçons contribuem pelo exemplo activo do seu comportamento são, viril e digno, para irradiar da Ordem no respeito do segredo maçónico.

12. Os Maçons devem-se mutuamente, ajuda e protecção fraternal, mesmo no fim da sua vida. Praticam a arte de conservar em todas as circunstâncias a calma e o equilíbrio indispensáveis a um perfeito controle de si próprio.


Copyright © Junho de 2007 Todos os direitos reservados a
Loja Maçónica Esperança Universal

sábado, 8 de dezembro de 2007

AS ORIGENS DO RITUAL NA IGREJA E MAÇONARIA- BLAVATSKY

Podemos começar pela origem da palavra Deus (GOD).

Qual a significação real e primitiva desse termo? Suas significações e etimologias são tão numerosas quanto variadas. Uma delas nos mostra a palavra derivada do termo persa muito antigo e místico: GODA, que quer dizer "ele mesmo", ou alguma coisa emanada por si mesma do Princípio Absoluto. A raiz da palavra é GODAN, donde Wotan e Odin, cujo radical oriental quase não foi alterado pelas raças germânicas. Foi assim que desse radical fizeram GOTZ, donde derivaram o adjetivo GUT, "Good" (bom), assim como o termo GOTA ou ídolo. Da Grécia antiga, as palavras ZEUS e THEOS conduziram à palavra latina Deus. (Para ler original clicar aqui)

segunda-feira, 3 de dezembro de 2007

Influência Política da Maçonaria

"Sabemos que irmãos desempenham papéis importantíssimos, mas não vamos influenciar a sua acção" (José António Domingues)

Inês Cardoso, José António Domingues

Terminado o mandato como grão-mestre da Grande Loja Legal de Portugal - maçonaria deísta, por isso dita regular -, Trovão do Rosário considera positivo o actual "momento de estabilidade". O número de membros ultrapassou o milhar, com uma idade média inferior a 50 anos. Considera que a actualidade da maçonaria reside na exigente "via de aperfeiçoamento espiritual" que oferece. (Para ler resto do artigo clicar aqui)

domingo, 2 de dezembro de 2007

Para Reflectir

Sê humilde se queres adquirir sabedoria;
Sê mais humilde ainda, quando a tiveres adquirido.

Um jovem Aprendiz não estava contente com suas limitações no topo da Coluna do Norte. Consumiu tantos anos de sua vida profana em bancos escolares, completou com distinção seu curso Universitário, fez mestrado, M. B. A., etc.

Aprendera a atribuir um valor hierárquico a tudo o que existe. Queria competir e mostrar logo tudo o que sabia. Mas não fazia a menor ideia de quantas coisas não sabia. Não se convencia de que o Maçom tem o culto da Liberdade, da Igualdade e da Fraternidade, sobre tudo... Tanto reclamou que seu padrinho interferiu: Você é jovem e tem uma vida pela frente. Não há nada de errado em ser ambicioso na vida, mas como maçom, você se impõe pela ética na busca de sua ambição.

Todos os Aprendizes começam simbolicamente "quebrando pedra". Somos todos "pedras brutas", cheios de vícios, de defeitos. Após algum tempo transformam-na numa Pedra Cúbica, polida, lisa, destituída de arestas - um Maçom. Essa é a função da Maçonaria, essa é a finalidade da Pedra Bruta, esse é o seu mais profundo significado. - A Pedra Bruta representa a natureza humana, bruta, rude, não trabalhada, simboliza a imperfeição. Por que vive reclamando? Não percebia que em Maçonaria não existe plano de carreira, porém ensina, ajuda os homens a modificar pensamentos, palavras e hábitos, a trabalhar sem se preocupar com celebridade e glória. (Para ler o resto clicar aqui)